Jogos matemáticos para aulas online síncronas

Olá professor! Olá professora!

Há várias estratégias que podem ser propostas nas aulas de matemática para dinamizá-las, tais como, a proposição de desafios, experimentações, jogos, utilização de softwares, aplicativos, calculadoras. Mas, dependendo das aprendizagens que estão sendo construídas, percebemos que alguns estudantes não engajam-se na turma ou ficam dispersos, ainda mais em se tratando de aulas online!

Ler mais

Ensinando geometria plana com o GeoGebra: sequências didáticas em vídeos

​Olá professor, olá professora!

Faz algum tempo que eu venho pesquisando, estudando e explorando o programa livre GeoGebra no processo de ensino-aprendizagem de geometria. Quero compartilhar com você o resultado de meses de trabalho e estudo na elaboração das sequências didáticas em vídeos para o ensino de geometria plana nos anos finais do ensino fundamental. Mais de 60% das habilidades relacionadas à unidade temática Geometria, estabelecidas pela BNCC para os anos finais,  podem ser desenvolvidas com a aplicação das sequências didáticas que elaborei.

Ler mais

E-book para o ensino de frações

Nestes últimos meses debrucei-me sobre o ensino de frações nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental. Reuni todas as atividades que conhecia e que já havia elaborado ao longo do tempo, atividades essas que aplico em minhas aulas, e saí à procura de outras, principalmente jogos. Fiz uma varredura na internet, li muitos artigos e postagens, analisei a BNCC com bastante atenção e cuidado, reli livros que possuo em minha biblioteca.

Meu objetivo era organizar um e-book que pudesse ser uma mão na roda para os professores na preparação das aulas. Sei da dificuldade em encontrar atividades interessantes e criativas e de quanto tempo o professor gasta para planejar aulas não-tradicionais. Mas não queria fazer o trivial e nem descrever jogos como bingo, quebra-cabeças e similares.

Ler mais

Um jogo para fixar ângulos retos e não retos

A construção do conceito de ângulo começa nos anos iniciais do Ensino Fundamental e o ideal é que a primeira abordagem associe o ângulo à ideia de giro ou mudança de direção. As crianças, então, podem fazer giros com o corpo de meia, volta, um quarto de volta, volta inteira, fazer deslocamentos na sala de aula ou no pátio da escola e representar estes giros e deslocamentos através de desenhos.

(mais…)

Falando sobre Mínimo Múltiplo Comum

Uma das formas de despertar o interesse dos alunos nas aulas de matemática é aliar os conteúdos que estão sendo estudados a jogos ou atividades concretas. O jogo socializa, desenvolve a atenção, a concentração, a autoconfiança, promove a aprendizagem e torna a aula lúdica e interativa.

Neste post eu vou compartilhar um jogo que vai auxiliar o estudante a compreender e exercitar o cálculo do mínimo múltiplo comum ou, simplesmente, MMC, que é utilizado para resolver situações-problema e operar com frações heterogêneas (embora não seja necessário utilizar o MMC para somar e subtrair frações com denominadores diferentes), dentre outras aplicações.

Ler mais

Matemática mão na massa

Matemática mão na massa

Neste artigo vou exemplificar como nós, professores de matemática, podemos propor atividades concretas e interdisciplinares que farão com que nossos alunos coloquem literalmente a “mão na massa” e aprendam, não só matemática, mas também as ciências em geral.

Aliás, o termo “mão na massa” ou  “hands on“, em educação, não é novo e caracteriza os trabalhos em equipe envolvendo criatividade, autonomia, potencial inventivo dos estudantes colocando-os no centro do processo de ensino-aprendizagem. Ler mais

KAHOOT: uma ferramenta genial!

Encontrar formas de prender a atenção dos alunos é uma constante na tarefa diária do professor, certo?
Com certeza absoluta!!! Nossos estudantes gastam muito tempo com celulares, vídeo-games, computadores, … Então, quando podemos aproximar a tecnologia nas aulas de matemática, o sucesso é garantido!

Neste artigo vou explicar como funciona o kahoot, uma ferramenta on line gratuita para criar, dentre outras estratégias, quizzes baseados em perguntas com múltiplas escolhas. Ler mais

Oficina das tabuadas para professores

Vou fazer 32 anos de magistério neste ano e, confesso, sou apaixonada pela minha profissão. Como professora de cursos de Pedagogia há muito tempo e, também, tendo experiência em escolas desenvolvi várias estratégias para ensinar matemática que gosto de compartilhar.

Pelo conhecimento e experiências que tenho, ministro oficinas de matemática para professores. Os assuntos são os mais variados possíveis envolvendo desde a educação infantil até o ensino médio.

Ler mais

Jogo do Nunca

Jogo do Nunca

Os Jogos do Nunca têm como objetivo trabalhar o princípio de agrupamento de quantidades em diferentes bases para que a criança compreenda o sistema de numeração decimal.

O trabalho com agrupamentos e trocas leva os alunos à noção de base de um sistema de numeração. A base  é o número que indica como são feitos os agrupamentos nesse sistema.

Assim, como um dos princípios do sistema de numeração decimal é o de agrupamentos e trocas, é importante experimentar esse princípio em várias bases para compreendê-lo, em particular, na base dez. Ler mais

Aula de exercícios animada pelo jogo de poker

Aula de exercícios animada pelo jogo de poker

Nas aulas de matemática, em geral,  é necessário propor aos alunos a realização de exercícios de fixação e o sucesso da aprendizagem está relacionado com a compreensão e resolução de tais exercícios.

Porém, os estudantes acham muito chatas aquelas listas intermináveis de exercícios. E eles têm razão! As aulas tornam-se enfadonhas quando a dinâmica do professor é apenas baseada em quadro, livro, pincel e listas de exercícios.

É preciso encontrar formas para tornar os tais exercícios divertidos! Eu utilizo um jogo de poker com algumas regras criadas por mim e tenho obtido ótimos resultados. Ler mais