Oficina on-line: Novas e criativas atividades para as aulas de matemática nos Anos Iniciais

Olá professores! Sejam bem-vindos à oficina on-line “Novas e criativas atividades para as aulas de matemática nos anos iniciais

Neste breve encontro vamos compartilhar ricas experiências e atividades inéditas para ensinar matemática. O desafio de manter a atenção dos estudantes em sala de aula é cada vez mais exigente e, por isso, a busca por novidades e ideias interessantes que possam despertar o interesse de nossos alunos e promover a aprendizagem é constante.

Ler mais

Integrando matemática e literatura infantil

Integrando matemática e literatura infantil

Aliar a matemática à literatura infantil é uma tendência em educação matemática já que possibilita a criação de estratégias pedagógicas interdisciplinares que tornam mais eficiente o processo de ensino-aprendizagem.

A Literatura infantil, com certeza, é um terreno muito fértil para a criação de atividades, jogos e diferentes estratégias metodológicas. Além disso, as crianças adoram histórias e unir a matemática ao contexto lúdico da literatura é uma fórmula que sempre dá certo.

Ler mais

Jogo do Nunca

Jogo do Nunca

Os Jogos do Nunca têm como objetivo trabalhar o princípio de agrupamento de quantidades em diferentes bases para que a criança compreenda o sistema de numeração decimal.

O trabalho com agrupamentos e trocas leva os alunos à noção de base de um sistema de numeração. A base  é o número que indica como são feitos os agrupamentos nesse sistema.

Assim, como um dos princípios do sistema de numeração decimal é o de agrupamentos e trocas, é importante experimentar esse princípio em várias bases para compreendê-lo, em particular, na base dez. Ler mais

Aula de exercícios animada pelo jogo de poker

Aula de exercícios animada pelo jogo de poker

Nas aulas de matemática, em geral,  é necessário propor aos alunos a realização de exercícios de fixação e o sucesso da aprendizagem está relacionado com a compreensão e resolução de tais exercícios.

Porém, os estudantes acham muito chatas aquelas listas intermináveis de exercícios. E eles têm razão! As aulas tornam-se enfadonhas quando a dinâmica do professor é apenas baseada em quadro, livro, pincel e listas de exercícios.

É preciso encontrar formas para tornar os tais exercícios divertidos! Eu utilizo um jogo de poker com algumas regras criadas por mim e tenho obtido ótimos resultados. Ler mais

Como decorar as tabuadas!

Como decorar as tabuadas!

Professores e pais travam uma verdadeira batalha para auxiliar as crianças na memorização das tabuadas! Todo e qualquer recurso que apresente a mínima possibilidade para ajudar nessa empreitada é utilizado: repetição das frases multiplicativas oralmente ou por escrito; dominós, memória e outros diversos jogos; músicas, etc.

As crianças, normalmente, não gostam de “gastar” o tempo de lazer e brincadeiras para estudar as tabuadas. Elas acham enfadonho e sem graça repetir, repetir e repetir. Ler mais

Compreendendo volumes

Compreendendo volumes

De acordo com o dicionário, volume de um corpo é o espaço ocupado por ele. Para medir este espaço utilizam-se unidades de medidas de volume, tais como, metro cúbico, decímetro cúbico e centímetro cúbico.

Para auxiliar os alunos a compreenderem estas noções é importante propor diferentes atividades práticas, tais como as que vou sugerir em seguida. Ler mais

O metro e seus submúltiplos

O metro e seus submúltiplos

A aula sobre medidas de comprimento pode iniciar com algumas questões investigativas, tais como: Qual a medida do comprimento da sala? Qual a medida da largura da classe?

Para fazer estas medidas pode-se utilizar, por exemplo, passos ou pés para o comprimento da sala e palitos de picolé ou palitos de fósforos para a largura da classe. Esses experimentos mostrarão aos alunos que, dependendo da unidade de medida utilizada, os resultados encontrados serão diferentes. Ler mais