Matemática x Literatura Infantil: O coelho teimoso

Se você quer ideias para aliar o ensino da matemática à literatura infantil, vou compartilhar nesta postagem algumas atividades que elaborei a partir do livro “O coelho teimoso” de Elza Sallut, editora Moderna.

Nesta história, a fábula da lebre e da tartaruga tem uma nova e divertida versão: o coelho e a tartaruga apostam uma corrida e, novamente a tartaruga vence. Desta vez, os animais da floresta arquitetaram um plano para que o coelho perdesse a corrida. Várias tartarugas idênticas se revezaram durante a corrida sem que o coelho percebesse, aparecendo sempre uma tartaruga diferente na frente dele em vários pontos do caminho. No final, após ter que pagar sorvete para todos os animais da floresta, o coelho descobriu que foi enganado e riu muito da brincadeira.

Após a leitura da história, conversas com a turminha e questionamentos buscando o entendimento da mesma e as lições que ela nos traz são fundamentais. As crianças devem recontar a história buscando relatar os fatos na ordem em que ocorreram e opinar sobre a atitude dos personagens. Foi correto o que as tartarugas planejaram? Se não houvesse o plano, a tartaruga teria chance de vencer a corrida? 

As atividades que elaborei para esta história seguem abaixo e permitem abordar noções tempo, velocidade, correspondência termo a termo, contagem, quantificação, adição, subtração, representação gráfica, dentre outras.

Atividade 1 – Qual animal vencerá a corrida?

Material para cada dupla: uma tabela da corrida, dois marcadores, dado (1, 2, 3, 1, 2, 3)

As crianças organizam-se em duplas e cada uma recebe o material. As crianças decidem com qual animal cada um vai competir e escolhem um marcador para cada um. O primeiro a jogar lança o dado para descobrir quantas quadrículas irá percorrer em sua trilha e desloca seu marcador de acordo com a quantidade sorteada pelo dado. O outro jogador faz o mesmo e assim prossegue o jogo. Vence aquele que primeiro ultrapassar a linha de chegada.

Pode-se propor o jogo outras vezes sendo que cada jogador deverá preencher as quadrículas do percurso com bolinhas de papel amassado. Outra possibilidade é solicitar que as crianças pintem (ou façam x) os espaços percorridos em cada rodada.

Em momentos posteriores, várias situações-problema podem ser articuladas a partir da atividade, tais como:

  • Quantas quadrículas a tartaruga e o coelho devem percorrer nesta trilha? (vamos descobrir escrevendo um número em cada quadrícula).
  • Se o coelho está na quadrícula 6 e a tartaruga está na 8, qual o número que o dado deve mostrar para que o coelho empate com a tartaruga? E para que o coelho ultrapasse a tartaruga?
  • Se a tartaruga está na quadrícula 5 e o coelho está na 8 o que vai acontecer se o dado sortear 1 para a tartaruga? E se sortear 3?
  • Se nas duas primeiras jogadas da tartaruga o dado sortear 3 e, depois,  2, em qual quadrícula o marcador deverá se posicionar?  

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOAD DESTA TABELA.

Atividade 2 – Um desenho da corrida

O professor propõe que as crianças façam um desenho da Atividade 1, mostrando como era o percurso, qual a posição do coelho e da tartaruga na corrida feita com o colega. 

De acordo com Kátia Smole no livro “A matemática na Educação Infantil: a teoria das inteligências múltiplas”, o registro de uma atividade através do desenho dá ao professor pistas sobre as percepções de cada criança e permite uma maior reflexão do aluno sobre o que ele realizou. O professor, através do desenho, pode verificar o que o aluno observou, as relações que estabeleceu, sua memória do fato ocorrido e se ele se apropriou dos aspectos mais relevantes relacionados aos objetivos de aprendizagem pensados para a atividade..

Segundo a autora, “o espaço do desenho é uma conquista progressiva e seu processo é longo”. A evolução das formas de representação tem relação com o ganho de habilidade motora e com o amadurecimento da criança. A criança que tem muitas oportunidade para desenhar vai explorar maior quantidade de grafismos.

É importante, também, propiciar na turma momentos de trocas entre as crianças, incentivando conversas e “leituras” dos desenhos produzidos.

Atividade 3: Animais lentos e animais rápidos

Quais animais são rápidos? Quais animais são lentos? O professor estabelece um diálogo com a turma sobre a velocidade dos animais.

Depois a turma procurará figuras de animais em revistas. As figuras serão recortadas para a montagem de um painel coletivo em que os animais serão classificados em dois grupos: os lentos e os velozes.

Atividade 4 – Qual animal é você?

O professor provoca a turma para que cada criança escolha um animal  que gostaria de ser em uma corrida (pode ser qualquer animal). Cada uma explica à turma porque escolheu determinado animal, quais as características do bicho escolhido, onde ele vive, se o animal é rápido ou lento, etc. Enquanto isso, o professor faz questionamentos e um levantamento de dados no quadro sobre os animais e a quantidade de crianças que escolheu cada um..

Em seguida, propõe a construção de um gráfico mostrando a quantidade de escolhas para cada animal (no modelo abaixo, os alunos completam a escala do gráfico com os números faltantes):

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOAD DO MODELO ACIMA.

Atividade 5: De 10 em 10 segundos

Material: apito, relógio analógico, celular com cronômetro

O professor mostra um relógio analógico à turma e explica a função dos ponteiros. Chama a atenção para o ponteiro dos segundos e convida a turma a contar alguns segundos em coro e, depois,  a ficar em silêncio por um 10 segundos.

Num outro momento, propõe uma brincadeira: as crianças ficam sentadas em silêncio e, a partir de um apito inicial, deverão erguer o dedo quando acharem que se passou 10 segundos. Esta ação é repetida várias vezes. O professor assopra o apito a cada 10 segundos.

Atividade 6  – Corrida de coelhos

O professor irá estipular uma curta distância  no pátio da escola e irá desenhar uma linha de saída e outra de chegada para demarcar o início e o fim da corrida. Uma criança de cada vez, irá percorrer a distância preestabelecida e um cronômetro vai marcar o tempo de cada um. Ao finalizar a corrida, cada criança deverá anotar em um bilhete o tempo que levou no percurso.

Depois que todos correram é hora de voltar para a sala de aula, comparar os tempos e verificar quem foram os mais rápidos da turma. O professor anota no quadro os tempos de cada criança e, junto com a turma organiza uma sequência decrescente dos tempos. A ordenação dos 5 ou 6 primeiros colocados vai auxiliar a criança a compreender a função dos números ordinais.

Para finalizar, cada criança faz um desenho da atividade e registra o seu tempo na corrida.

 

Atividade 7 – Corrida de tartarugas

Material: um caderno ou livro qualquer para cada criança

O professor convidará a turma para a corrida das tartarugas. Para isso, estenderá um tapete na sala de aula e marcará uma linha de saída e outra de chegada. As crianças deverão colocar o caderno ou o livro nas costas, como se fosse a carapaça da tartaruga, e engatinhar imitando tartarugas do início ao fim do percurso.

O livro ou o caderno não poderão cair e, caso caia, a tartaruga deverá reiniciar o percurso. Os três primeiros que chegarem ao final da trilha serão os vencedores.

No final do jogo as crianças conversam sobre o que é fácil e o que é difícil na brincadeira e fazem um desenho sobre a mesma.

Outros materiais podem ser testados para a carapaça para dificultar a brincadeira quando a mesma for repetida.

Atividade 8 – Quem resiste mais?

O professor mostra uma posição corporal e a turma o imita. Quem conseguir manter a posição por mais tempo é o vencedor. 

Algumas posições podem ser as seguintes:

  • Ficar de pé em uma perna;
  • Ficar de pé com os dois braços erguidos;
  • Permanecer saltitando no lugar;
  • Ficar em silêncio.

Atividade 9 – Corrida tartaruga x coelho

Material: tabela da corrida, dado (1,2,3,1,2,3), marcadores

As crianças formam trios ou quartetos e cada grupo recebe o material, sendo um marcador para cada jogador. Todos os marcadores são colocados na posição de saída. Cada jogador, na sua vez, lança o dado e anda na pista a quantidade de quadrículas sorteada. Se o jogador parar numa quadrícula que tem o coelho deverá voltar duas quadrículas e se parar nas casas onde tem a tartaruga deverá avançar duas. Vence aquele que primeiro ultrapassar a linha de chegada.

corrid_coelho x tartaruga

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOADA DA TABELA.

Atividade 9 – Música  A Dona Tartaruga

Que tal envolver a musicalização nas propostas de trabalho com o livro “O coelho teimoso”?

Os vídeos abaixo mostram uma brincadeira para uma música que fala sobre tartaruga e outros animais e explora movimentos rápidos e lentos. Um objeto (ou mais de um) é colocado sobre um grande pano que vai sendo movimentado ao som da música. O(s) objeto(s) não pode(m) cair no chão.

Esta música vai ser a cereja do bolo neste pacote de atividades!

 

 

 

Referências bibliográficas

Exploring time in kindergarten. Dosponível em: <https://helpingwithmath.com/exploring-time-in-kindergarten/> Acesso em 19 out. 2020

SMOLE, Kátia C. Stocco. A Matemática na Educação Infantil: a teoria das inteligências múltiplas na prática escola. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

SALLUT, Elza. O coelho teimoso. São Paulo: Moderna, 2004.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *