Multiplicação com carimbos

Quanto mais ideias para ensinar a multiplicação e fixar as tabuadas, melhor! E quando as estratégias criadas aliam a aprendizagem ao lúdico, é sucesso garantido, sem dúvida alguma!

Foi por isso que eu inventei essa moda: ensinar a multiplicação e as tabuadas utilizando carimbos. É uma forma de trabalho bem divertida e que agradará as crianças.

Bem, já abordei no artigo Ensinando a multiplicação nos anos iniciais os diferentes significados da multiplicação, quais sejam, adição de parcelas iguais, configuração retangular, combinatória e proporcionalidade. Com os carimbos enfatizamos as ideias de adição de parcelas iguais e a configuração retangular.

A estratégia, bem simples, é constituída de duas etapas. A primeira consiste em preparar os carimbos e a segunda, carimbar, carimbar, carimbar … seguindo ordens pré-determinadas, é claro!

Só para recordar, a adição de parcelas iguais refere-se à soma repetitiva de um mesmo número, soma essa que pode ser abreviada por uma multiplicação. Sejam, por exemplo, cinco vasos com três flores em cada um. No total, serão 3 + 3 + 3 + 3 + 3 = 15 flores, ou seja, 5 x 3 = 15.

 

As tabuadas são construídas a partir da soma de parcelas iguais. Assim, a tabuada do 3, por exemplo, é constituída pelo acréscimo de um grupo de 3 elementos a cada nova frase multiplicativa: 1 x 3= 3,      2 x 3 = 6, 3 x 3 = 9, 4 x 3 = 12, 5 x 3 = 15,  etc.

Já a ideia de configuração retangular da multiplicação desafia o estudante a descobrir a área de uma superfície, o número de peças de um tabuleiro ou o número de cadeiras que cabem num salão, por exemplo. Não é obvio para as crianças que um retângulo com 4 linhas e 5 colunas, por exemplo, tem o mesmo número de quadradinhos ou casas que outro com 5 linhas e 4 colunas. Essas noções devem ser experienciadas concretamente!

 

 

Confeccionando os carimbos

Para produzir os carimbos, será necessário providenciar os seguintes materiais: rolhas, pedaços de EVA, tintas, cola de isopor ou EVA, tampa plástica de qualquer tipo de pote.

Cada criança deverá fazer em EVA um ou mais desenhos para seus carimbos, recortar estes desenhos e colá-los na borda circular da rolha. Caso o desenho tenha detalhes internos, é necessário reforçá-los com caneta para que fiquem aparentes quando carimbados.

Em seguida, um pouco tinta é espalhada sobre a tampa do pote com o auxílio do pincel e o carimbo está pronto para ser utilizado bastando, para isso, colocar o desenho do carimbo na tinta.

Carimbando produtos

Uma primeira atividade com os carimbos consiste em carimbar em linhas e colunas produtos diversos, formando um quadrado ou retângulo. É bom esclarecer que o produto 3 x 4 = 12,  por exemplo,  pode ser representado por 3 linhas e 4 colunas ou 4 linhas e 3 colunas e a opção de fazer de uma forma ou de outra é da própria criança.

Batalha de carimbos

A batalha de carimbos é outra ideia que vai agradar a turma. Utilizando uma folha quadriculada como na imagem abaixo, dois dados comum e os carimbos, os alunos escolhem suas duplas para jogar. Cada um, em sua vez, lança os dois dados para determinar um produto. Em seguida, carimba este produto em linhas e colunas na folha quadriculada, formando um retângulo ou quadrado em cada jogada.Depois, é a vez do adversário fazer o mesmo e assim prossegue a atividade.

O jogo continua até que todas as quadrículas sejam preenchidas ou até que não haja mais possibilidade de preencher as quadrículas ou, ainda, depois de um número estipulado de jogadas. Ganha aquele que conseguir carimbar mais quadrículas.

No exemplo abaixo, foram estabelecidas quatro jogadas para cada jogador. Os produtos sorteados para cada um foram os seguintes: coração – 5 x 1, 2 x 5, 4 x 4, 5 x 4; triângulo – 4 x 5, 1 x 4, 2 x 3 e 1 x 5.

Ao final das quatro jogadas o jogador com o carimbo de coração venceu pois carimbou maior número de quadrículas.

Após o jogo, cada estudante pode escrever e representar através de desenho em folha quadriculada comum os produtos que obteve durante a atividade.

Todas as possibilidades

Uma terceira atividade para a multiplicação com carimbos consiste em encontrar todas as possibilidades de representar um determinado número em linhas e colunas. Assim, por exemplo, o número 16 pode ser representado pelos produtos: 1 x 16, 16 x 1, 2 x 8, 8 x 2 e  4 x 4.

Explorando propriedades

Os carimbos podem ser utilizados para os alunos explorarem as propriedades da multiplicação.

A propriedade comutativa afirma que a ordem dos fatores não altera o produto. Assim, 3 x 4 =12 e também 4 x 3 =12 ou 5 x 2 =10 e também 2 x 5 =10, …

A propriedade associativa anuncia que em uma multiplicação de três fatores, se mudamos a forma de agrupá-los obtemos o mesmo produto. Assim, por exemplo, (3 x 2) x 4 = 3 x (2 x 4)

A propriedade distributiva assegura que multiplicar um número pela soma de outros dois é o mesmo que multiplicar esse número pelos outros dois, um de cada vez, e depois somar os produtos. Tem-se, por exemplo, 3 x (2 + 4) = 3 x 2 + 3 x 4

O elemento neutro da multiplicação é o 1 porque qualquer número multiplicado por 1 resulta nele mesmo.

Professor, se você gostou dessas ideias aplique-as com seus alunos e, depois, envie um comentário contando como foi a experiência.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *